Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

Eu sou Atlântica: a voz e e o saber de Beatriz Nascimento

Maria Beatriz Nascimento  (1942 - 1995)
*Texto traduzido por Jaque Conceição - coordenadora do Coletivo Di Jeje


"Ser negro está enfrentando uma história de quase 500 anos de resistência à dor, física e sofrimento moral, o sentimento de não existir, a prática de ainda não pertencentes a uma sociedade na qual ele consagrou tudo o que ele possuía, oferecendo ainda hoje o resto de si mesmo / dela mesma. Ser negro não pode ser reduzido a um "estado de espírito", "alma branca ou preta", * os aspectos do comportamento que certos brancos escolher como sendo preto e assim por adoptá-las como sua própria. "-  Beatriz Nascimento, 1974
Intelectual, ativista e pesquisador, Beatriz Nascimento nasceu em Aracaju, em 12 de Julho de 1942, a filha de dona de casa Rubina Pereira do Nascimento e pedreiro Francisco Xavier do Nascimento. Ela e seus dez irmãos e irmãs migrou com sua família para o Rio de Janeiro na década de 1950. Na idade de 28, ela começou a estudar para o seu c…