Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

CURSO ON LINE SOBRE A HISTÓRIA DO FEMINISMO NEGRO NO BRASIL

Curso acontecerá no mês de Maio na modalidade on line, e oferecerá certificação de 40 horas aos participantes. Confira!


Um dos processos que temos vivenciado no Brasil, é a permanente sensação que nos falta senso histórico.
Frequentemente, nas rodas de conversas, debates e formações sobre feminismo negro, temos tido muita dificuldade em entender o desenvolvimento dessa corrente teórico e politica que é o chamado feminismo negro.
Para responder a essa demanda, o Coletivo Di Jejê, convida a todos para participarem do curso A história do Feminismo Negro no Brasil.

Ele vai durar 45 dias e será dividido em 4 módulos! Xs participantes poderão acessar o curso dentro de sua rotina, e contarão com o apoio e orientação de uma tutora. 

Módulo 1 - Circulo temático: O que é ser mulher negra?

Módulo 2 - Por que um feminismo negro?

Módulo 3 - Circulo temático - Movimento Nacional de Mulheres Negras: as demandas das mulheres negras ou as mulheres negras demandam?

Módulo 4 - Princípios epistemológicos do femi…

CURSO ON LINE INÉDITO SOBRE SAÚDE SEXUAL E REPRODUTIVA DA MULHER NEGRA

No dia 30 de Abril, começará o primeiro curso on line e inédito sobre saúde sexual e reprodutiva da mulher negra. Inscrições seguem até dia 29 de Abril.



O curso tem 40 horas de duração, começa dia 30 de Abril e vai até dia 30 de Junho. serão oferecidas 40 vagas. O valor da inscrição é 60 reais e será oferecido o certificado de participação para os que tiverem 75% de frequência no ambiente virtual de aprendizagem, o Moodle.  O curso têm a curadoria de conhecimento elaborada pela mestranda da UNESP de Araraquara, a psicologa Elânia Francisca: psicóloga graduada pela Universidade de Santo Amaro – UNISA, especialista em gênero e sexualidade pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, mestranda em Educação Sexual pela Universidade Estadual Paulista – UNESP Araraquara pesquisando sobre vivências afetivo-sexuais de adolescentes negras do distrito do Grajaú. Oficineira e facilitadora de vivências em gênero e sexualidade, idealizadora do Núcleo “Sexualidade Aflorada”, onde realiza pesq…